A Palavra

Eugene H. Peterson, professor emérito do Regent College, em Vancouver – Canadá, diz o seguinte: Esse livro (a Bíblia) nos torna participantes no mundo da existência e da ação de Deus; nós não participamos dele em nossos próprios termos. Não elaboramos a trama nem decidimos qual será o nosso personagem. Esse livro tem poder gerador: coisas acontecem conosco quando permitimos que o texto nos inspire, nos estimule, repreenda, apare as arestas. Ao chegar ao fim desse processo, não somos mais a mesma pessoa.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

A Ascensão de Jesus

Este Jesus que vistes subir aos céus voltará do mesmo modo como o vistes subir.
Atos 1.11b

Depois que Jesus ressuscitou, e nós comemoramos este fato há poucos dias, na Páscoa, Ele deu Suas últimas recomendações aos discípulos, firmou as coisas que Ele vinha explicando aos discípulos antes de morrer, como está registrado em Lucas 24. 44 -48. E ainda segundo Lucas, depois disto, Ele os levou para Betânia e, enquanto os abençoava, começou a subir para o céu em pleno ar, assim como a gente vê alguns "super heróis" fazendo nos filmes por aí.

Os discípulos que viram a ascensão de Jesus ficaram boquiabertos pela maneira como o viram subir entre as nuvens do céu. E você, acredita que um dia Ele vai voltar da mesma forma como subiu? Isto está escrito na Bíblia, este livro que muitos de nós consideramos sagrado.

Tenho certeza que muitos leem essas coisas e outras semelhantes, mas não param para analisar se acreditam mesmo naquilo que estão lendo. E eu estou falando também de quem segue a Bíblia; pessoas que se dizem cristãs e que frequentam igrejas ou grupos que se reúnem em torno de uma mesma fé.

Não é fácil acreditar em algo tão surreal como esta cena descrita na Bíblia. Mas, se acreditamos neste livro como "Palavra de Deus", devemos, e podemos, crer que isto vai se repetir e ninguém vai conseguir impedir este acontecimento. O verso citado no inicio diz: "Este Jesus que vistes subir ao céu voltará do mesmo modo como o vistes subir". Esta é uma afirmação muito clara e não dá margem a nenhuma "distorção" ou "fantasia" que porventura alguém queira criar em cima dela. O anjo diz: "Este Jesus..." Não é outro, não é um representante dele, não é um "avatar" dele e nem será algum "efeito visual" ou "metafórico" que vai substituir esse evento incrível que aqueles apóstolos assistiram e que a Bíblia nos garante que vai se repetir.

Os dois anjos dizem também que Ele voltará "do mesmo modo" como subiu aos céus, ou seja, sem auxílio de nenhum equipamento ou "nave" interestelar, sem nenhum feixe de luz por onde Ele viaje nos ares e sem qualquer tipo de "abdução" por parte de algum outro "ser alienígena" que queira se intrometer no processo. Ele descerá do modo como subiu, para que não só os apóstolos mas todo "olho humano" o veja e comprove que Ele é mesmo o Criador dos céus e da Terra e Senhor de todo universo. Por isso, Ele tem controle de todas as forças físicas que os seres humanos demoraram tanto pra descobrir e entender. Para Ele, viajar no tempo e no espaço não é mistério nenhum, assim como não são todos os outros grandes desafios e segredos do mundo físico que vemos os cientistas, até hoje, queimando neurônios para entender e dominar.

Se a cena tivesse sido criada em Hollywood com os efeitos todos que eles usam por lá, acredito que faria muito mais sucesso do que faz hoje quando se sabe do fato apenas através de um registro milenar de alguns homens que eram, inclusive, iletrados, como a própria Bíblia faz questão de mostrar. Mas, a verdade é que, estes "iletrados" alcançaram um entendimento superior tão profundo e real que faz os sábios desta nossa época, os mais dotados de genialidade, parecerem adolescentes no cursinho pré-vestibular ainda.

Enfim, a verdade é que este fato vai se repetir uma vez mais, e este mesmo Jesus, que assim subiu aos céus num controle total de forças físicas que nós ainda não dominamos por inteiro, voltará, da mesma forma, um dia, para espanto de muitos gênios de agora. E são dele mesmo estas palavras de advertência que você pode conferir lá na Bíblia, (NVI) em Mateus 16. 2-3 e Lucas 21. 25-28:
"... Quando a tarde vem, vocês dizem: 'Vai fazer bom tempo, porque o céu está vermelho,' e de manhã: 'Hoje haverá tempestade, porque o céu está vermelho e nublado.' Vocês sabem interpretar o aspecto do céu, mas não sabem interpretar os sinais dos tempos!"
"Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações se verão em angústia e perplexidade com o bramido e a agitação do mar. Os homens desmaiarão de terror, apreensivos com o que estará sobrevindo ao mundo; e os poderes celestes serão abalados. Então se verá o Filho do homem vindo numa nuvem com poder e grande glória. Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça, porque estará próxima a redenção de vocês... Assim também, quando virem estas coisas acontecendo, saibam que o Reino de Deus está próximo."

Há quanto tempo temos visto estas coisas acontecendo? Ultimamente com uma intensidade bem maior! Temos que tomar cuidado para não cairmos no engano das pessoas da época de Noé, que não acreditavam e até zombavam dos sinais que estavam acontecendo diante dos olhos deles. Quando veio o dilúvio, tentaram correr para a arca, pedindo socorro, apavorados, mas daí já era tarde pois o próprio Deus tinha trancado a porta pra que Noé não tivesse a chance de abri-la e ainda socorrer alguns daqueles incrédulos desesperados.

E você? Sua mente, seu espírito, estão preparados para encarar este evento (a volta de Jesus) que, por mais que seja inacreditável, está mais próximo do que você imagina? Você vai poder fazer como Jesus disse; levantar-se e erguer a cabeça sabendo que é a tua redenção que estará acontecendo naquele momento?

Para encerrar, deixo mais uma advertência do próprio Jesus:
"O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras JAMAIS passarão. (Mateus 24.35)

Tenham cuidado, para que os seus corações não fiquem carregados de libertinagem, bebedeira e ANSIEDADES da vida, e aquele dia venha sobre vocês inesperadamente.
PORQUE ELE VIRÁ SOBRE TODOS OS QUE VIVEM NA FACE DE TODA A TERRA! (Lucas 21.34 e 35)

Um comentário:

  1. Texto muito bem exposto! Hoje é essa palavra que temos que pregar aos quatro cantos da terra, a volta de Jesus! Como Noé anunciou o dilúvio.

    ResponderExcluir